Orçamento de festa infantil: aprenda aqui como fazer o seu

Montar um orçamento de festa infantil de forma eficiente exige dose extra de disciplina. Afinal, é muito fácil perder o controle com tantas opções disponíveis no mercado.

Caso você concentre os gastos apenas em uma área da comemoração, por exemplo, outras questões importantes podem ser deixadas de lado. Esse tipo de falha normalmente não passa em branco pelo olhar dos convidados.

Por isso, é essencial ter o controle de tudo o que acontece durante os preparativos. Ainda que seja uma comemoração simples, produzir um cheklist detalhado faz toda a diferença. 

Quer saber mais sobre o assunto? Vamos mostrar neste artigo como fazer o orçamento do aniversário do seu filho e otimizar o processo de organização. 

Calcule o valor detalhado dos custos fixos 

Antes de começar os preparativos da festa, é importante que você coloque tudo no papel. Converse com o seu filho e faça uma lista com o tema principal. O número de convidados é o fator decisivo na hora de montar o orçamento.

Direcione-se por essas escolhas para calcular os custos fixos. Entre os principais itens desse quesito estão entretenimento, local, brinquedos, serviços de limpeza e segurança.

Tenha uma base realista do que é possível proporcionar com os valores disponíveis sem precisar sair da linha estabelecida.  

Avalie as despesas diretas no orçamento

Os custos diretos são aqueles que variam de acordo com o número de convidados e as necessidades de cada setor do evento. Nesse quesito estão bolo, cardápio, decoração, lembrancinhas, materiais descartáveis, aluguel de mesas e cadeiras. 

Anote todas as movimentações, ainda que seja uma quantia pequena. Essa medida ajuda a entender o que realmente é indispensável nos preparativos. Assim, você ganha uma percepção diferente da organização e pode economizar na compra de alguns itens.

Registre as despesas variáveis da comemoração

Os valores variáveis de uma festa são aqueles que existem a partir dos gastos essenciais. Por exemplo, se o tempo do aniversário exceder o acordo da locação, você terá que efetuar pagamentos de taxas extras.

Esse tipo de despesa pode ser esquecida em muitas situações e causar transtornos de última hora. Dentro da mesma área existem outros níveis de custos semelhantes, como comissões de colaboradores contratados, impostos e taxas de cartão de crédito.

Caso passem despercebidos, esses valores comprometem o fechamento das contas no balanço final. 

Faça o cálculo com base no resultado final 

A base do cálculo total deve ser feita de forma que não falte nada em nenhuma etapa. No entanto, também é importante evitar desperdícios ou compras desnecessárias. Leve em conta o perfil dos convidados, a idade do seu filho, o tipo de cardápio escolhido e as atrações extras. 

Não cometa o erro de colocar nomes na lista de presença apenas por educação. Essas pessoas podem comparecer e superlotar o evento. Considere todos os possíveis presentes no momento de fazer as encomendas aos fornecedores.

Tenha também uma reserva financeira para imprevistos. Na falta de algum serviço contratado, o custo para demandas de emergência provavelmente será dobrado.  

Agora que você já sabe como montar um orçamento de festa infantil, fique de olho em outros detalhes importantes da comemoração.

O ideal é que a organização do aniversário comece com quatro meses de antecedência. Assim, você terá tempo de pesquisar fornecedores e garantir o controle dos gastos.

Gostou das informações deste artigo? Então entre em contato conosco e conheça nossos principais serviços. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This