Por que e como brincar com os filhos?

Mães e pais sabem como é comum a sensação de culpa por não conseguirem dar atenção suficiente aos pequenos. No entanto, mesmo com o cansaço, devem brincar com os filhos, pois essa interação é fundamental para o desenvolvimento das crianças.

Neste artigo, você vai conferir os benefícios que as brincadeiras podem trazer para os pequenos e como conseguir aproveitar o tempo da melhor maneira possível. Boa leitura!

Benefícios das brincadeiras para as crianças

Engana-se quem acredita que é necessário separar muitas horas do dia para fazer alguma atividade em família. De acordo com especialistas, 15 minutos por dia já são o suficiente para auxiliar no desenvolvimento da criança.

Confira alguns dos principais ganhos gerados por essas práticas:

Desenvolvimento de habilidades cognitivas

A interação com os pais faz com que a mente seja estimulada, desenvolvendo habilidades intelectuais das crianças, como comunicação, linguagem, imaginação e raciocínio.

Além disso, os momentos de diversão servem para que a criança comece a entender o que são regras e como se comportar em grupo.

Regulação do sono

É muito comum que os pais substituam momentos de brincadeira deixando os filhos jogarem no tablet ou no smartphone, não é mesmo?

De acordo com uma pesquisa publicada no site da revista científica Nature, cada hora que crianças entre seis meses e três anos de idade passam nesses dispositivos pode estar relacionada a 15 minutos a menos de sono.

Por isso, é importante que a criança saia da frente da tela e gaste sua energia com outras atividades.

Melhora da comunicação

As crianças também podem passar por momentos de estresse, quando não conseguem expressar o que sentem. As brincadeiras são uma forma de aproximar pais e filhos e facilitar a comunicação.

Mesmo que seu pequeno ainda não pronuncie muitas palavras, passar um tempo a mais com ele fará com quem você aprenda a identificar sinais e a se comunicar melhor com seu filho.

Exemplos de brincadeiras

Agora que você conferiu a importância de brincar com os filhos, confira alguns exemplos de atividades. Boa diversão!

Teatro de fantoche

Essa brincadeira é uma forma de estimular o lado lúdico e a criatividade da criança. Vocês podem confeccionar os fantoches usando diversos materiais, como meias e botões.

Comece contando uma história e depois inverta os papéis, pedindo para o pequeno soltar a imaginação.

Desenho maluco

Desenhar é sempre muito divertido, e você pode apostar nesse exercício para fazer algo diferente. Cada participante deve ter uma folha em branco e desenhar uma cabeça no alto da página.

Em seguida, troquem de folha e continuem o desenho do outro, colocando um braço, por exemplo. Troquem de papel até todos finalizarem o desenho. Será muito divertido conferir o resultado final desse “Frankenstein”.

Quem sou eu

Essa atividade irá estimular o raciocínio. Se reúnam em uma roda e escrevam em um papel o nome de um personagem de filme, desenho ou artista e grudem na testa da pessoa que está à direita, sem que ela leia.

Cada um deve fazer perguntas para descobrir que personagem é, por exemplo: “Sou mulher?”. Os participantes só podem dizer sim ou não, e cada um só tem uma chance de tentar adivinhar.

Brincar serve como uma espécie de treino para a vida, e nada melhor do que os pais para orientarem os pequenos nesses primeiros passos de forma leve e divertida. Nesse artigo, você conferiu a importância de brincar com os filhos e alguns exemplos de brincadeiras.

Gostou do conteúdo? Compartilhe com seus amigos nas redes sociais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This